Quinta-feira, 22 de Janeiro de 2009

poema de dina para donne

 

 

 

FALANGE BEGE

 

Para Donne Pitalurgh

 

 

 

 



QUANDO VOCÊ ME ENCARA
COM ESSES OLHOS DE LOBO
MINHA ALMA COVARDE SE AGARRA
COM UNHAS E DENTES AO CORPO

QUANDO VOCÊ ME OLHA
COM OLHOS QUE TENS DE LOUCO
A MINHA BOCA ESCANCARA
COM CALMA LIBERO A ALMA
E O CORPO TREMENDO TODO.

 

 

 



DINA BRANDÃO

 

 

 

 

publicado por paulokauim às 02:23
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Domingo, 4 de Janeiro de 2009

cidade

 

 

cidade

 

a.c.

 

 

http://www.poesiaconcreta.com.br/player.php?acao=play&id=167&numero=21

 

 

 

 

 

.

 

publicado por paulokauim às 03:19
link do post | comentar | favorito
|

cabeça

 

 

 

.

 

 

 

 

 

ca

be

ça

 

 

 

walter

franco

 

 

 

 

 

.

publicado por paulokauim às 02:32
link do post | comentar | favorito
|

música do brasil

 

 

 

 

 

dia de estrelas

kléber albuquerque

elio camalle

publicado por paulokauim às 02:11
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 2 de Janeiro de 2009

A PAIXÃO

 

 

 

A PAIXÃO É UM BARCO MORTAL

NUM TRIÂNGULO DE BERMUDAS.

 

A PAIXÃO TEM SUAS BERMUDAS

AJUSTADAS PARA QUAISQUER COXAS.

 

A PAIXÃO NÃO DEIXA MARCAS NOS SUSPENSÓRIOS

MAS MANCHA DE ROXO CALCINHAS E O CORAÇÃO.

 

O BARCA DA PAIXÃO, POR MORTAL QUE É

ESTÁ SEMPRE PRONTO A VIRAR,

MESMO O MAR ESTANDO CALMO.

 

A PAIXÃO É ROLETAR AS AMÍGDALAS

COM UM VELHO PUNHAL DE PLÁSTICO

QUE MEU AVÔ ME DEIXOU DE PRESENTE

ANTES DE MORRER.

 

A PAIXÃO É BESTA.

A PAIXÃO É BESTA E CAI NO UM SETE UM.

 

A PAIXÃO NÃO CONSEGUE PEGAR UM BONDE SOZINHA,

NECESSITA SEMPRE DE ALGUÉM PRA LHE CHUTAR OS PÉS.

MAS A PAIXÃO AMARRA UM BODE.

COMO OS LOBOS, ELA ANDA EM CÍRCULOS,

SÓ QUE NUNCA EM ALCATÉIA.

 

A PAIXÃO É FEIA QUANDO QUER ESTRANGULAR

A SI PRÓPRIA, BEM SABENDO QUE LHE FALTAM

MÃOS POTENTES, POR ISSO SE DESEMBELEZA,

FAZENDO CARETAS E ESGARES COMO QUEM ESTÁ NA

FORCA COM OS PÉS, POR POUCO, TOCANDO O CHÃO.

 

A PAIXÃO CONSTRÓI SONHOS.

TALVEZ ESSE SEJA O GRANDE BEM DA PAIXÃO;

VIVER DELES E NÃO DEIXAR O BARCO VIRAR

QUANDO O HORRICANE PARTE PARA CIMA DA BARCAÇA.

ELA NÃO É SIMPLES OLHAR DE LESMA, MAS UMA RISADA

DE HIENA NO MEIO DO ALMOÇO FARTO DOS HOMENS

DE CORAÇÕES MAUS.  A PAIXÃO É UMA DROGA.

 

A PAIXÃO É UMA LOUCURA.

A PAIXÃO É UM TONEL DE ÁLCOOL 96 GRAUS.

POR ISSO EU ME ENCONTRO BÊBADO, DROGADO E

LOUCAMENTE APAIXONADO...

 

 

publicado por paulokauim às 04:34
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|

GIN TÔNICA

 

 

 

Quando acordo no meio da noite

E penso na minha amada

Vejo meu ciúme caído

Estuporado no chão.

 

Quando acordo

E não vejo a minha amada

Calangos invadem a casa

Fabricando desassossego e solidão.

 

A noite, gin tônica de ontem

Não escolhe quando vai debitar o prejuízo

E nem em qual coração.

A minha amada na noite

Deve dormir?

Deve estar acordada?

 

Envelheço sempre mais cedo

Antes do café da manhã

E no meio da noite,

Sargaços envolvem a minha amada

Envolvem na bruma e no nylon

Da anágua da madrugada

Querendo rasgar seu sutiã.

 

Quando acordo na noite

Sem minha amada

É que sei a quantos enganos

Meu coração me condenou.

 

 

 

 

 

 

 

.

 

 

publicado por paulokauim às 04:25
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

SE VOCÊ ME OFERECE UM BEIJO

 

 

 

 

SE VOCÊ ME OFERECE UM BEIJO

QUASE ESPERO UMA MORDIDA

SEU BONÉ É DE PELÚCIA

O MEU BONECO TEM BARBA.

 

COMPRASTES UMA FORD LINDA

COMPREI POUCA FORMICIDA

QUASE ME ENGASGO COM O PLÁSTICO.

 

SE VOCÊ ME DESFERE UM TAPA

SUJO DE BEIJOS SUA FACE

ESPERO VOCÊ NA SAÍDA

ESPERO VOCÊ TODA TARDE.

 

 

 

 

 

 

.

publicado por paulokauim às 04:20
link do post | comentar | favorito
|

AO ÚLTIMO ETERNO AMOR

 

 

 

 

Não quero rasgar meu coração

Nas garras dos seus dentes

Mas quero me pulverizar

No camarim de sua boca.

 

Oh! Ana louca

A minha boca

Enlouquece sem você.

 

Não quero sangrar meu coração

Nas estacas dos seus dentes

Mas quero inventar

Uma canção em seus lábios.

 

Alfarrábios, astrolábios

Que nunca me guiarão.

 

Asas de aves

Astronaves

Que nunca me conduzirão

No caminho mais certo.

 

Só rumo à fúria barroca

Da sua boca, Ana louca

Da sua boca rouca

Que penetra as garras

Nas marras do meu coração

 

 

 

 

 

 

.

publicado por paulokauim às 04:13
link do post | comentar | favorito
|

ABOLERADO

 

 

Quando olho teus olhos arregalados

Não vejo as asas do anjo

Enxergo somente o veneno

De um vampiro amarelo.

 

Teus olhos esbugalhados

Vertem um sangue obsceno

E não vendo as asas do arcanjo

Só vejo o céu assombrado

No último solstício de inverno.

 

Teus olhos sempre injetados

Ardem mais que o fogo do inferno

Quando vejo teus olhos avermelhados

Vacilo se choro ou desespero.

Trazendo a noite sem bocas

Mordendo meu cemitério.

E teus olhos por vezes inchados

Parecem um velho mistério

De amor estranho entre anjos

Ou a dor cruel dos condenados

Teus olhos enregelados

Ateiam fogo nos meus arcanjos

E nos banjos do meu bolero.

 

 

 

 

 

.

publicado por paulokauim às 04:04
link do post | comentar | favorito
|

ela lince parda e de salmoras

 

 

 

 

 

 

Ela lince parda e de salmoras

Coração feito a fecho-ecler e colchetes

Eu pálido de tremores

Vendo-a

E se não a mato eu morro

Entre o vacilo e o chiclete

Se corro

Amarga-me a língua

Ela pinga a goles poucos

Socorro: Só em última instância

Ânsia de descabelos

E as pernas de malabares

Pulsares tal o meu medo

Evocam tangos antigos

Passion, noche fria Y morte

 

 

 

 

 

.

publicado por paulokauim às 03:52
link do post | comentar | favorito
|

.pesquisar

 

.Outubro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

31


.posts recentes

. sid vicious

. um fado cego

. tantas palavras - correio...

. além do céu de brasília -...

. crônica do zé

. poema de dina para donne

. cidade

. cabeça

. música do brasil

. A PAIXÃO

.arquivos

. Outubro 2011

. Junho 2011

. Maio 2010

. Janeiro 2009

.tags

. todas as tags

.favorito

. Carioca de (al)gema!

. Graffitis - Discussão

. Rua da Feira

. Tropecei na rede #003

..

website-hit-counters.com
http://www.website-hit-counters.com
blogs SAPO

.donne pitalurgh